Gramática On-line | Por Prof. Dílson Catarino

373 textos cadastrados no site da Gramática On-line

Anuncios Google
Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Ultima atualização: 18 DEZ 2013

/ O COTIDIANO DA LÍNGUA

A conjunção pois.

Observe os seguintes períodos:

 

- O relógio não enferruja, pois é de ouro.

- O relógio é de ouro, pois, não enferruja.

- O relógio é de ouro; não enferruja, pois.

 

São períodos bastante parecidos, porém dois deles têm o mesmo significado, e um, totalmente diferente. Vejamos o que acontece:

 

A conjunção pois tanto pode ser coordenativa explicativa, iniciando uma oração coordenada sindética explicativa, quanto coordenativa conclusiva, iniciando uma oração coordenada sindética conclusiva.

 

Quando a intenção do autor da frase for juntar duas orações com o objetivo de a segunda explicar a primeira, deve uni-las por meio da conjunção pois explicativa, antecedida de vírgula, ou de uma de suas variantes: que e porque. É o que acontece na primeira frase apresentada: a oração é de ouro explica o porquê de o relógio não enferrujar.

 

Somente haverá vírgula depois da conjunção pois explicativa se houver elemento intercalado. Por exemplo:

 

O relógio não enferruja, pois, como todos sabem, é de ouro.

 

Quando, porém, a intenção do autor da frase for juntar duas orações com o objetivo de a segunda apresentar uma conclusão referente à primeira, deve uni-las por meio da conjunção pois conclusiva, entre vírgulas ou no fim do período, antecedida de vírgula, ou uma de suas variantes: logo, portanto, por isso, por conseguinte.... É o que acontece com as outras duas frases, em que a oração não enferruja conclui que o rélógio é de ouro.

 

Uma maneira de comprovar a função das conjunções é substituí-las por outra equivalente: pois explicativa equivale a porque; pois conclusiva, a portanto:

 

- O relógio não enferruja, porque é de ouro.

- O relógio é de ouro, portanto não enferruja.

- O relógio é de ouro; não enferruja, portanto.

 

Siga o Gramática no Twitter