Gramática On-line | Por Prof. Dílson Catarino

373 textos cadastrados no site da Gramática On-line

Anuncios Google
Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Ultima atualização: 18 DEZ 2013

/ O COTIDIANO DA LÍNGUA

Ensino a distância ou Ensino à distância

A Gramática padrão diz que diante do substantivo feminino distância só se usa o acento indicador de crase (o acento grave) se houver a formação de uma locução prepositiva, ou seja, se tal substantivo estiver acompanhado da preposição de: à distância de. Se não ocorrer a formação da locução prepositiva, não se deve usar, segundo a norma padrão, o acento indicador de crase. Veja as frases apresentadas como exemplo pelo dicionário Aurélio:

 

  • Ouvimos vagos rumores a distância.
  • Sua casmurrice mantinha todos a distância.

Há, porém, inúmeros exemplos de autores renomados usando o acento grave sem a formação da locução prepositiva. O dicionário Aurélio apresenta um exemplo de Fernando de Mendonça:

 

  • E eu, à distância, / Olho as tuas pesquisas apressadas.

Ocorre, porém, que, se a palavra distância não está especificada, generalizada está, e, segundo a gramática padrão, não se usa artigo - consequentemente não se usa o acento indicador de crase - diante de palavras usadas em sentido genérico, indeterminado.

 

Se se seguir, portanto, a regra sobre o uso do acento indicador de crase, não se deve usar o acento indicador de crase na expressão a distância, a não ser que esteja especificada.

 

  • Ensino a distância.
  • Segui-o a distância.
  • Segui-o à distância de 50m.

 

Escute este texto, clicando aqui e, depois, na página de áudio, clique em "Ensino a distância".

 

Siga o Gramática no Twitter